quarta-feira, 30 de março de 2016

Tomates - Qual a diferença entre Extrato, Molho, Passata e Polpa ?

As opções no mercado aumentam a cada dia trazendo muitas facilidades e opções para quem gosta de cozinhar. E muitas vezes ficamos em dúvida ou sequer sabemos como utilizar um produto.
Outro dia vasculhando a internet em busca de uma receita me deparei com o termo passata de tomates numa receita, termo este desconhecido para mim.
Sendo assim, resolvi fazer esse post falando um pouco sobre cada um desses produtos, em complemento a outro que fiz em maio/14.

Extrato de tomate:
O que é?
- entre todas as opções, o extrato é o que apresenta a maior concentração de tomate por peso. Ele não possui conservante, e é apenas temperado com sal e açúcar.
Quando usar?
- o extrato de tomate deve ser usado principalmente para dar cor aos pratos com molhos á base de tomate, e podem também ser usados para engrossar molhos já que são mais concentrados.

Molho de tomate:
O que é?
- os molhos já vêm prontos, eles são temperados e possuem várias versões diferentes. Eles não precisam ser diluídos, e como o próprio nome diz, ele já vem pronto e pode ser apenas aquecido para servir.
Quando usar?
- os molhos prontos servem basicamente para economizar tempo na cozinha, podem ser usados em massas, pizzas, ou qualquer outro prato servido com molho.

Passata de tomates:
O que é?
- a passata de tomates, é a polpa de tomate cozida, sem a pele ou sementes. Não possuem conservantes nem temperos.
Quando usar?
- você pode usar a passata quando quiser preparar um molho caseiro e não encontrar tomates maduros de qualidade. Você adiciona os seus temperos e o molho fica do seu jeito.

Polpa: 
O que é?
- Opção para quem não abre mão de fazer o próprio tempero, mas procura algo prático, que permita o preparo direto, sem diluição. É feita a partir da polpa do tomate, sem pele e sementes, e levam somente açúcar e sal em sua composição.
Quando usar?

- As polpas são a opção mais flexível dos atomatados, pois servem como ingredientes para o preparo de uma infinidade de receitas.