quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Molho Agri-Doce




Conta a história que os primeiros molhos vêm de cinco mil anos, quando indianos e chineses, aprenderam que certas ervas, misturadas no calor de infusões de água ou de bebidas alcoólicas, mantinham a longa vida de peixes e caças, além de funcionar como temperos saborosos e emolientes. Mas o registro histórico da sua origem consta ter sido na Grécia, em 500 a.C. Um cozinheiro chamado Sicanus Ledbacus tinha que resolver o problema do mau cheiro de seus assados, então mergulhou um carneiro limpo em uma mistura de plantas, álcool e uvas. Ao servir, foi euforicamente aplaudido e constatou que, além de eliminar os aromas desagradáveis, havia inventado também o molho.
Com o passar do tempo o molho passou a ser um ingrediente básico na cozinha, e, ao criar suas variações, pode-se dividir em quatro vertentes: vellutata, bechamel, espanhol e de tomates. E a partir deles podem-se criar infinitas combinações, inclusive a sua.

INGREDIENTES
- corante alimentício vermelho (=vermelhão)
- 100 ml de suco de laranja peneirado
- 100 ml de suco de abacaxi peneirado
- 30 ml de molho de soja
- sumo de 1 limão
- 80 ml de vinagre
- 120 g de açúcar
- 1 colher de chá de sal
- 1 colher de chá de Ajinomoto
- 3 colheres de sopa de extrato de tomate
- 100 ml de água
- 50 g de maisena dissolvida em água (para engrossar o molho – colocar por último)


MODO DE FAZER
1. Coloque todos os ingredientes na panela (- a maisena e o corante), misture bem e leve ao fogo alto até ferver;
2. Abaixe o fogo, coloque o vermelhão aos poucos, sempre observando a cor, até ter a tonalidade desejada;
3. Deixe cozinhar em fogo baixo por 20 a 30 minutos;
4. Misture a maisena até conseguir a consistência desejada.