domingo, 9 de outubro de 2016

Fenarreco - Brusque - SC

Mais uma festa em Santa Catarina, desta a Fenarreco que acontece em Brusque, e para não perder o costume lá fui visitar e experimentar o marreco e um joelho de porco.

Segue abaixo a história da Fenarreco.

A Fenarreco – Festa Nacional do Marreco, nasceu em 1985, inspirada na criação da Oktoberfest, de Blumenau, para atender aos inúmeros turistas que chegavam à cidade à procura da carne de pato. O marreco tornou-se tradicional depois que os clubes começaram a adotá-lo entre as opções gastronômicas servidas durante festas e eventos sociais. O costume do uso da carne do marreco foi trazido pelos imigrantes alemães, que no continente europeu utilizavam o ganso como o principal prato na ceia natalina. Como em terras brasileiras, no início do século 19, não existiam gansos, eles foram substituídos inicialmente por patos selvagens e depois pela atual qualidade, denominado pato de pequim, já que marreco é a denominação dada ao pato de pequim na nossa região.

Seu gosto exótico e requintado, acrescido pelos temperos criados na cozinha regional, levaram o marreco a ser considerado uma iguaria e isso começou a despertar a curiosidade do público. A fama do seu produto logo cruzou fronteiras e a frenética procura surgida daí em diante inspirou a Secretaria de Turismo de Brusque a criar um evento em cima da fama do marreco. Assim, em 1985 foi criado o primeiro esboço para a realização de uma festa. Entretanto, em virtude da grande destruição que a cidade viveu um ano antes, com a maior enchente do século, não houve condições físicas nem financeiras para sua realização.


Assim, em 1986, foi anunciada oficialmente a realização da 1ª Fenarreco, promoção que a então Comissão Municipal de Turismo passou a divulgar em âmbito nacional junto com a Santur.
O autor degustando um marreco 
Pratos típicos