sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Alimentos ultraprocessados - Risco a comodidade


Matéria veiculada no Jornal A Notícia, 18 de fevereiro de 2013. | N° 1765 – Caderno Viver Bem

Conheça os vilões do prato e as recomendações de especialistas para o consumo de sal, açúcar, gorduras e outros aditivos.

A recomendação de consumo máximo diário de sal pela Organização Mundial de Saúde é de menos de cinco gramas por pessoa, mas dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que o consumo do brasileiro está em 12 gramas diários, mais que o dobro do recomendado. Saiba por que o excesso de sal, açúcar, gorduras e outros aditivos químicos é prejudicial à saúde:

SÓDIO
Componente do sal de cozinha, o sódio é um conservante para o alimento. É usado para aumentar o tempo do produto na prateleira. Muitos alimentos processados recebem adição de monoglutamato de sódio. Embora o sódio seja um mineral essencial, seu excesso na dieta diária pode aumentar o risco de hipertensão arterial e doenças cardiovas-culares e renais.
 



 




 







AÇÚCAR
Alimentos processados tendem a ter mais açúcar também. Por isso, é saudável adotar o hábito de verificar, nas embalagens, os ingredientes que compõem ketchups, maioneses, temperos para salada, biscoitos, pães, entre outros. Veja também se há algum elemento terminado em “ose” , como sacarose ou frutose. Todos contêm açúcar.



  
GORDURA E ÁCIDOS GRAXOS TRANS
Gordura tem alta densidade calórica por apresentar mais calorias por peso. Portanto, tem um impacto significativo no sobrepeso e na obesidade. Outro problema é o excesso de gordura trans em muitos alimentos processados e industrializados. Ela tem conhecidos efeitos nocivos para o sistema cardiovascular e aumenta o risco de um ataque cardíaco.
NITRITOS/NITRATOS E OUTROS ADITIVOS QUÍMICOS
Emulsificantes, estabilizantes, aromatizantes, flavorizantes. São inúmeras as finalidades e quantidades de aditivos em um alimento processado. Se, por um lado, eles são úteis para conservar, dar gosto e melhorar a aparência do alimento (o grifo é meu), também causam prejuízos à saúde, podendo desencadear reações alérgicas em pessoas sensíveis.