terça-feira, 1 de outubro de 2013

Azeite - Curiosidades, Dicas e Diferenças



Usualmente, o termo azeite refere-se ao produto alimentar, usado como tempero, produzido a partir da azeitona, fruto advindo das oliveiras (em outros contextos, pode também tratar-se de óleos produzidos a partir de outras plantas). Trata-se, pois, de um alimento antigo, clássico da culinária contemporânea, regular na dieta mediterrânea e nos dias atuais presente em grande parte das cozinhas.
Além dos benefícios para a saúde o azeite adiciona à comida um sabor e aroma peculiares.
A região mediterrânea, atualmente, é responsável por 95% da produção mundial de azeite, favorecida pelas suas condições climáticas, propícias ao cultivo das oliveiras, com bastante sol e clima seco.

História do Azeite
Povos do Oriente Médio e do Mediterrâneo acompanham o cultivo de oliveiras (árvore forte e robusta que dá origem às azeitonas) e se dedicam à extração do azeite há milênios.
.


O clima da região é perfeito para a formação dessas árvores, que demoram aproximadamente cinco anos para começar a produzir, mantêm-se frutíferas por um século e vivas por até mil anos. É comum uma oliveira gerar até 20 quilos da fruta por ano, que resultam de quatro a seis litros de azeite.


Na produção, a azeitona tem que ser prensada o mais rápido possível, após a colheita, para manter a qualidade. Em seguida, o azeite de oliva é separado da água por decantação, filtrado e só então recebe a classificação de acidez: Extra Virgem (até 0,8%), Virgem (até 2%) e Lampante (superior a 2%).


É a acidez que define a qualidade, textura e o gosto do azeite

Confira 10 orientações, segundo a Nutricionista Eneida Ramos (Revista Veja):
1 – Antes de mais nada, não se deve comprar um azeite às pressas. É preciso calma para analisar a embalagem.
2- O azeite de oliva é produzido unicamente a partir de  azeitonas, ou seja se tiver algum outro óleo junto (soja, girassol ou outro) já não é um azeite de oliva genuíno, e sim um óleo composto.
.

Um exemplo no mercado de óleo composto.

3- Na gôndola do mercado, deve-se  escolher o azeite que estiver mais no fundo da prateleira, por estar menos exposto à luz, e portanto menos oxidado (a luz prejudica a qualidade do azeite).
4- Mesmo que o produto esteja dentro da validade, se ele estiver muito tempo exposto à luz não é recomendado.
5- Preste atenção nos rótulos dos azeites importados. Deve-se dar prioridade aos azeites embalados no próprio país de origem. Os azeites que são produzidos num país e embalados em outro, podem sofrer o processo de oxidação, perdendo a qualidade nutricional.
 Clique aqui e veja onde seu azeito foi produzido.

6- Observe no rótulo alguns termos, como produzido ou engarrafado. O termo produzido refere-se ao azeite que foi produzido e engarrafado no mesmo local. Diferente do termo engarrafado, que não garante a devida procedência
7- Sempre que possível compre azeites em embalagens de vidro


8- O melhor vidro é de coloração escura, que ajuda a proteger o azeite de oxidação
9- Caso observe algum azeite turvo, pode ser resultado de um menor grau de filtragem, quando partículas de azeitona ficam em suspensão no azeite. Isso não compromete a  sua qualidade nutricional
10- Segundo a União Européia,  o azeite extra virgem deve ter a acidez inferior à 0.8%, a extração deve ser a frio. Observe o rótulo.
A cor do azeite depende do tipo e do estado de maturação (amadurecimento) da azeitona. A coloração verde é resultado da prensagem de azeitonas ainda verdes, diferente de um azeite com coloração mais escura ou dourada, resultado da prensagem de azeitonas mais maduras.


Como conservar
- É importante saber que a luz, o ar e o calor podem prejudicar a qualidade do azeite. Assim, para garantir a qualidade nutricional sempre feche adequadamente o vidro, guarde-o em local fresco, distante do sol e calor
- Dessa forma, mantenha o azeite longe do forno, microondas ou forno elétrico
- A melhor forma de guardar o azeite é em vidros, preferencialmente escuros.
- Após abrir o azeite, a validade usual é de 3 meses. Sempre observe o rótulo
VEJA MAIS DICAS CLICANDO AQUI