segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Grãos e farelos - Cereias





CAUTELA COM OS NATURAIS
Grãos, farelos, chás e outros tantos alimentos naturais têm ganhado espaço nas prateleiras de supermercados e farmácias. Misturados na comida, em bebidas ou puros, eles entraram de vez no cardápio de uma parcela da população que busca hábitos alimentares saudáveis. As promessas são várias, passando por melhorias na digestão, na qualidade do sono, na pele, nos cabelos e até a prevenção de doenças. Mas, segundo especialistas, é preciso cautela. Antes de rechear as refeições de aveia, linhaça e chás, é preciso descobrir como consumi-los corretamente.

Segundo Débora Fernandes Rodrigues, nutricionista e mestranda em ciência de alimentos na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a semente de chia contém compostos antioxidantes que ajudam no combate aos radicais livres, envolvidos no desenvolvimento de muitas doenças. O farelo de trigo e a linhaça apresentam fibras que podem aliviar a constipação intestinal, e o amaranto em flocos pode atuar na redução do colesterol. Entre esses e tantos outros benefícios prometidos, a ingestão desses alimentos deve ser acompanhada da ingestão de bastante água para que eles exerçam as funções esperadas.

“O consumo desses alimentos não é milagroso. Eles, de fato, apresentam muitas propriedades benéficas ao organismo, mas o consumo deve ser atrelado a hábitos de vida saudáveis e alimentação equilibrada”, explica Débora.


Cuidados
A ideia de suplementação com esses alimentos não é unanimidade entre os nutricionistas.
Para alguns, uma alimentação equilibrada e hábitos saudáveis são suficientes para suprir qualquer carência do organismo.
É o que pensa o nutrólogo e membro da Academia Mineira de Medicina Ênio Cardillo Vieira. Segundo ele, o consumo desses alimentos não passa de “modismo”. “A alimentação trivial é suficiente. O alimento traz tudo que a gente precisa. Nunca li nenhum artigo científico sobre a eficácia de quinoa, linhaça, chia ou outros alimentos como esses”, afirma.
Para Cardillo, a suplementação deve ser feita apenas em casos específicos e avaliados
por um profissional. “Se a mulher quer engravidar, ela deve começar a tomar ácido fólico, pois, nas primeiras semanas de gestação, ocorre o desenvolvimento do tubo neural do bebê e, se existe uma deficiência de ácido fólico, há maior probabilidade de defeito nesse tubo. Isso é comprovado.

Aveia
Ótima fonte de fibras solúveis, rica em silício, importante para a formação do colágeno.
Possui avenatramidas, que têm efeitos antiinflamatórios e antioxidantes.
Reduz a absorção de gorduras e açúcares
Medida: 1-3 colheres (sopa)
USO: Em cima de frutas; em preparações como pães, bolos, biscoitos; com iogurte


Chia
Tem ácido graxo ômega-3. No estômago, em contato com a água, forma uma espécie de gel que dá saciedade. Auxilia na constipação, aumentando o trânsito intestinal.
Medida: 1-2 colheres (sopa)
USO: Em cima de frutas; em preparações como pães, bolos, biscoitos; misturado em água ou em iogurte.


Quinoa
Rico em fibras; excelente fonte de proteínas; tem bastante triptofano, o aminoácido precursor da serotonina; alto teor de vitaminas (A, B1 e B6). Alto teor de minerais (magnésio, fósforo, potássio, ferro, manganês, zinco).
Medida: 1-4 colheres (sopa)
USO: com frutas; com iogurte; cozido e substituindo o arroz, em preparações como risotos; em sopas; recheio de peixes.


Feijão branco
Fonte de proteínas e vários nutrientes. Farinha de feijão branco antes da refeição ajuda a diminuir a absorção de carboidrato.
Medida: 1 colher (sopa) da farinha
USO: saladas, cozido em preparações quentes ou consumido na forma de farinha de feijão branco


Amaranto
Boa fonte de proteínas e de fibras. Possui vários micronutrientes, como fósforo, zinco e cálcio. Ajuda na diminuição do colesterol.
Medida: 1-4 colheres (sopa)
USO: com frutas, iogurte, vitaminas e sucos; em sopas e diversas preparações doces e salgadas.


Linhaça
Fonte de vitaminas, minerais, e fibras solúveis e insolúveis; fonte de ômega-3.
Possui fitos estrógenos; antiinflamatório; ajuda na diminuição dos triglicerídeos.
Aumenta o trânsito intestinal.
Medida: 1-2 colheres (sopa)
USO: com saladas ou frutas; em preparações como pães, bolos, biscoito; misturado em água ou em iogurte.


Gergelim
Antiinflamatório. Bom antioxidante e excelente fonte de cálcio. É efetivo na prevenção do foto envelhecimento.
Medida: 1 colher (sopa)
USO: em saladas, patês, pães, bolos, biscoitos.



Fonte do texto
1)         Jornal A Notícia, de 17 de junho 2013 
2)       Estado de Minas, de 28 de maio de 2013
Imagens
Google, sem restrições de uso ou compartilhamento