terça-feira, 30 de julho de 2013

Como usar o papel alumínio


O papel alumínio é largamente utilizado na gastronomia, mas na grande maioria das vezes isto acontece de forma incorreta. Vejo pessoas utilizando-o direto nos mais variados pratos e, também, em seu dia-a-dia.
 É que os cozinheiros tendem a colocar o lado brilhante virado para fora, pois deixa o visual do prato mais bonito.
 O lado mais brilhante é assim porque recebe um polimento para criar uma barreira ao contato direto do alumínio com o alimento e, por conseguinte a liberação do alumínio para a nossa receita.
 Esta proteção, o polimento, só não acontece dos dois lados, pois é um processo caro que inviabilizaria a comercialização do mesmo.
 O alumínio é altamente tóxico e é comprovadamente o responsável por complicações gerais no funcionamento do nosso organismo e um grande alavancador do Mal de Alzheimer, inclusive fomentando sua aparição precoce. Como usá-lo?
Além de usá-lo com o lado brilhante voltado para o alimento, deve-se evitar dar mais de uma volta no alimento, pois na segunda volta em diante os líquidos que gravitarem entre as camadas serão poluídos com o alumínio e voltarão impiedosamente para a nossa receita.
Assim é importante fazer a finalização em forma de trouxa que deve ficar situada na parte superior, para evitar esta comunicação dos caldos do alimento com a parte ruim do papel-alumínio.
Sobre as panelas de alumínio
Na minha cozinha é expressamente proibida a areação de panelas na parte de dentro, pois quando isto acontece, toda vez que cozinhamos algo estamos também incorporando o temível alumínio à nossa receita.
Quando isto acontece por alguma pessoa desavisada ou quando a panela ou caneca é nova, fervo algumas cascas de ovo na panela cheia de água, para elas liberarem o carbonato de cálcio, que vão impermeabilizar nossa panela,
dando a segurança que necessitamos para nós
Como usá-lo?
Além de usá-lo com o lado brilhante voltado para o alimento, deve-se evitar dar mais de uma volta no alimento, pois na segunda volta em diante os líquidos que gravitarem entre as camadas serão poluídos com o alumínio e voltarão impiedosamente para a nossa receita.
Assim é importante fazer a finalização em forma de trouxa que deve ficar situada na parte superior, para evitar esta comunicação dos caldos do alimento com a parte ruim do papel-alumínio.

Algumas dicas

1- Assado mais rápido
Enrole o papel alumínio em seu assado com parte brilhante de forma que a parte fosca seja a cobertura externa, isto permite que o alimento asse mais rápido e também evita que a casquinha do assado grude no papel.

2- Roupa passada
Utilize um folha do papel alumínio sobre a tábua de passar com o lado brilhante voltado para cima e por cima coloque um tecido de algodão (prenda bem utilizando pequenos pedaços de fitas) . Ao passar a roupa o calor do ferro é refletido pelo alumínio e com isso a roupa ficará com o outro lado passado.

3- Geladeira sem cheiro de cebola
Utilizou apenas uma parte da cebola em sua comida? Não se preocupe envolva o restante do alimento com o filme plástico e depois com uma folha de alumínio, e guarde na geladeira, pois o cheiro irá ficar contido e não será passado para outros alimentos, além disso, a cebola vai manter suas qualidades por mais tempo.

4- Panelas de alumínio
 É expressamente proibida a areação de panelas na parte de dentro, pois quando isto acontece, toda vez que cozinhamos algo estamos também incorporando o temível alumínio à nossa receita.

5-Afiar suas tesouras
Toda vez que precisar cortar papel alumínio use aquela sua tesoura "cega"! Cortar de oito a dez tiras de papel alumínio é o suficiente para melhorar o corte de sua Tesoura.