terça-feira, 16 de julho de 2013

Pizza - A origem


Muitos dizem que os Romanos inventaram a pizza. Ou os egípcios. E até mesmo, os gregos. Sua origem é tão antiga que fica difícil dizer quem é o real inventor dessa iguaria! Conta-se que em Roma, antes de Cristo, os nobres comiam uma espécie de pão, que ia ao forno, misturado com ervas e temperos. Já no Egito, no aniversário do Faraó era servida uma massa achatada temperada com ervas.

Mas a versão mais tradicional da pizza que hoje saboreamos vem de Nápoles, na Itália. No ano mil, um dos alimentos mais populares entre os pobres do Sul da Itália eram círculos de massa cobertos com ervas e especiarias, a “picea”, ou seja,  um disco de massa assada com ingredientes por cima. Com o descobrimento da América, a Europa tomou conhecimento do tomate, que passou a ser incorporado em praticamente todas as receitas de pizza.

No ano de 1780, Pietro Colicchio inaugura, em Salita S. Anna di Palazzo, próximo ao palácio real de Nápoles, a primeira pizzaria do mundo.


A origem da pizza Margherita

Em 1889, Raffaele Espósito, considerado o melhor pizzaiolo de seu tempo, foi convidado a preparar a especialidade para os reis da Itália Umberto I de Sabóia e sua esposa, a rainha Margherita. Dizem que a Rainha era muito exigente e não lhe agradava paladares muito fortes. 
 
Assim, Raffaele preparou 3 pizzas, sendo uma delas especial para a rainha, feita de molho de tomate, manjericão e mussarela, cuja mistura de elementos representava as 3 cores da bandeira da Itália. A rainha gostou tanto desse sabor que enviou uma carta a Raffaele agradecendo. Em sua homenagem, o pizzaiolo batizou a receita como Pizza Margherita.
A história virou notícia e se espalhou, junto com a receita, por toda a Itália.  E daí para o mundo todo. No final do século 19, a pizza chegou às terras brasileiras pela mão dos imigrantes italianos.

Na próxima postagem irei ensinar uma receita de massa básica e alguns recheios.

SE VOCÊ GOSTOU DESTE PRATO....